Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Página Inicial
Currículos
Regina Silveira
Kazuo Wakabaiashi
Oswaldo Goeldi
Rubens Gerchman
Maria Tomaselli
Paulo Amaral
SALA IBERÊ CAMARGO
Miniquadros
Aldemir Martins
Alexandre Reider
Angela Lopes
Beth Mello
Beatriz Balen Susin
Augusto Rodriguês
Alice Soares
Alice Brueggmann
Vitório Gheno
Sansão Pereira
Paulo Marinho
Érico Santos
Alexandre Reider
Yugo Mabe
Vasco Prado
Tomie Ohtake
Suzana Sommer
Siron Franco
Sérgio Lopes
Paulo Houayek
Marcelo Grassmann
Juarez Machado
José Paulo Moreira da Fonseca
José Moraes
Iberê Camargo
Frank Schaeffer
Francisco Stockinger
Fernando Ikoma
Fernando Baril
Fang
Enrico Bianco
Edy Gomes Carollo
Domenico Lazzarini
Darcy Penteado
Clara Pechansky
Cícero Dias
Carlos Tenius
Britto Velho
Bina Monteiro
Bez Batti
Armando Romanelli
Antônio Soriano
Antônio Maia
Aldemir Martins
Adelson do Prado
Antônio Maciel
Antônio Soriano
Armando Gonzales
Augusto Rodriguês
Beth Mello
Bez Batti
Bina Monteiro
Britto Velho
Carlos Tenius
Cícero Dias
Clara Pechansky
Cleuza Soares
Cosme Martins
Daltro Borowski
Darcy Penteado
De Curtis
Domenico Lazzarini
Edy Gomes Carollo
Elizethe Borghetti
Ênio Pinalli
Enrico Bianco
Erico Santos
Escola Européia
Evans Fodrini
Fang
Fernando Baril
Francesco Brunocilla
Francisco Brilhante
Francisco Stockinger
Frank Schaeffer
Hilda Mattos
Iberê Camargo
Iná Fantoni
João Faria Vianna
José Moraes
José Paulo Moreira da Fonseca
Juarez Machado
Juliano Lopes
Júlio Ghiorzi
Kazuo Wakabayashi
Kenji Fukuda
Luiz Maristany
Marcelo Grassmann
Marcelo Hübner
Maria Tomaselli
Milton da Costa
Omar Petrelly
Patrícia Bohrer
Paulo Amaral
Paulo Houayek
Paulo Marinho
Regina Silveira
Ricardo Schulz
Rubens Gerchman
Sansão Pereira
Sérgio Lopes
Silvio Azamor
Siron Franco
Suzana Sommer
Suzi Etchepare
Tomie Ohtake
Vasco Prado
Vitório Gheno
Contato
  Alexandre Reider

Alexandre Reider

Nasceu em São Paulo, em 1973. Autodidata, começou a pintar aos 15 anos. Em 1990 tornou-se aluno de Luís Pinto e com ele aprimorou a técnica, durante três anos de estudos. Ao mesmo tempo desenvolveu suas habilidades como desenhista, o que tem contribuído para embelezar ainda mais suas obras, ao incorporar elementos da fauna e da flora brasileira às paisagens que pinta. Alexandre Reider tem conseguido transpor para a tela - com muita competência e profundidade - os contrastes de luz e sombra, e os detalhes essenciais à expressividade e àveracidade das paisagens que aborda. Mas outros temas também são tratados pelo artista com a mesma perfeição e qualidade. São calmas marinhas e esplendorosas flores - principalmente as rosas, musas eternas de seu avô, o falecido pintor Jorge Reider. Em outubro de 1994 fez sua primeira exposição individual, em Santa Catarina, o que serviu para divulgar ainda mais suas obras, através de encomendas vindas de vários cantos do Brasil e do exterior. No final de 1996, Alexandre Reider partiu para a europa, a fim de mostrar seus quadros e aperfeiçoar sua arte. Desde a primeira individual em 1994, Reider coleciona prêmios e exposições em diversas regiões do Brasil e também em outros países, além da participação como júri nos mais conceituados salões de arte.

 

< Voltar  .:.  Home >